Queijo Elétrico


Cafa na Copa – o inicio

É o Queijo se preparando pra Copa. Vai ser melhor!! Pode acreditar.



Melzim com Queijo #2

Dando sequencia ao espetáculo, Melzinho Corporation e Queijo Eletrico mais uma vez unidos para celebrar o rock n’ roll e a boa vida!

No Oasis Scotch, no Prado. Se você não foi na primeira festa, nao deixe de ir na segunda. E se você foi, sabe que foi otimo!



Pequena pausa para o Radiotape

Era pouca chuva que caia ainda bem cedo, depois da sexta negro-azulada que passou. Timidamente o dia atravessou o céu e a noite apareceu, aberta e estrelada.

Foi então que algumas cabeças começaram a sair de casa e se encontrar, procurando alguma distração para o escuro. As mais ousadas rumaram ao sul, não por causa do frio, que de fato não se aproximava, mas devido as distorções emitidas pela região.

O local específico era o Nafta Pub, espaço ainda há ser muito explorado. O DJ Cafa Sorridente ia comandando as pick-ups do Queijo Elétrico e embalando com música os devaneios das mentes então reunidas, que aumentavam minuto a minuto.

Colorido Artificialmente

Colorido Artificialmente

.

Estavam todos já bem aconchegados no bar, servidos de tequila, vodka, cerveja e outros ademais alcoolicos, quando o Colorido Artificialmente subiu no palco, iniciando uma série de músicas próprias que pintaram com várias cores todo o espaço. Lá tocaram todo o disco que está prometido, ainda não se sabe bem para quando: Volta de São Paulo, 1948, Vai Ver, entre outras da “Tradicional Família Mineira”.

.

Chico, Colorido Artificialmente

Chico, Colorido Artificialmente

Em um rápido intervalo, troca de amplificadores e músicos, o DJ Cafa voltou e balançou as paredes com seu set experimental, especiamente preparado para a ocasião. Entre o público estavam Tamás e Gabriel, da Pequena Morte, e Fábio, do Tempo Plástico, ambos anciosos para ocupar a noite do Nafta Pub.

Pausa para o Radiotape. O show começou, o som foi se ajeitando, a música esquentado e…

Pausa para o Radiotape. Problemas do lado grave do palco. Eis que o baixista Sallum volta, empunhando o arrasador Thunderbird que acabara de trabalhar nas mãos de Faleiro, responsável pela cozinha do Colorido.

Radiotape

Radiotape

Aí ficou tudo pronto para o Radiotape arrasar com um show poderoso e repleto de energia, com direito a distorções, saltos, giros, batidas e beats. Uma apresentação bombástica, mostrando quase todo o disco que será lançado dia 28 deste mês, em um show muito especial no Palácio das Artes: “Pequenas Coisas Me Fazem Feliz”.

Natana, Radiotape

Natana, Radiotape

Tributos prestados, eles finalizaram o show com mais algumas do seu próprio repertório, encerrando as atrações no palco do Nafta Pub naquela noite.

Aí foi só dançar mais um pouco com o som do DJ Cafa, antes de dar por amanhecida a noite.

.

E domingo choveu.

.

post por X.

Fotos por Igor Marotti.